Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5952
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ensino-aprendizagem de inglês à luz da interculturalidade crítica: um estudo de narrativas de professores do IFAM
Autor: Silva, Josibel Rodrigues e 
Primeiro orientador: Monteiro, Marta de Faria e Cunha
Resumo: Este trabalho teve como objetivo geral analisar as narrativas de professores de inglês do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas - IFAM sobre cultura, ensino-aprendizagem e interculturalidade. Como objetivos específicos, buscou-se avaliar as experiências individuais dos participantes, refletindo sobre outras narrativas sociais, culturais, históricas e institucionais que ajudaram a formar as suas narrativas; averiguar de que maneira as perspectivas dos participantes sobre cultura, ensino-aprendizagem e interculturalidade são apresentadas em sala de aula; e identificar as possibilidades de desenvolvimento e fortalecimento da perspectiva da interculturalidade crítica no âmbito do IFAM, tendo em vista as narrativas dos professores. O aporte teórico foi dividido em duas partes: na primeira, discorreu-se sobre conceitos relacionados à cultura, multiculturalismo, interculturalidade e interculturalidade crítica, fundamentando-se em Almeida (2011), Maher (2007), Santos (2002), Veiga-Neto (2003), Walsh (2009, 2007), entre outros. Na segunda, abordou-se a interculturalidade e o ensino-aprendizagem de línguas, em que se relacionou língua, cultura e ensino-aprendizagem, em seguida, apresentaram-se as bases teóricas para o desenvolvimento do conceito de interculturalidade crítica no ensino-aprendizagem de línguas: saberes interculturais, terceiro espaço, vozes insurgentes e consciência cultural crítica. Posteriormente, discorreu-se sobre interculturalidade e os documentos oficiais no Brasil e, finalmente, sobre o ensino-aprendizagem de inglês à luz da interculturalidade crítica, ancorando-se em Almeida (2011), Byram (1997), Guilherme (2002), Kramsch (1993; 1998; 2013), Moita Lopes (2008), Pennycook (1994), Sousa Santos (2010), entre outros. Este estudo caracterizou-se como uma investigação qualitativa situada no paradigma interpretativista, e os procedimentos metodológicos foram baseados na pesquisa narrativa com bases em Clandinin (2013), Connelly e Clandinin (1990; 2004), Mello (2005; 2010), entre outros. O contexto de pesquisa deu-se no âmbito do IFAM, especificamente, no ensino-aprendizagem de Língua Estrangeira Moderna – Inglês (LEM-I), em que os participantes foram três professores. O questionário com perguntas abertas foi utilizado como instrumento de geração dos dados. O tratamento das narrativas baseou-se na análise narrativa (PAIVA, 2008). As histórias de Lúcia, Clara e Pedro foram analisadas a partir da perspectiva da história oral (MEIHY; HOLANDA, 2007), do exercício de excedente de visão (AMORIM, 2010) e dos movimentos da pesquisa narrativa (CLANDININ, 2013). Os resultados apontaram para os temas cultura, ensino-aprendizagem e interculturalidade em uma intersecção, em que revelaram diferentes abordagens apresentadas pelos professores na relação ensino-aprendizagem e cultura, entre elas, a cultura como prática social e a abordagem tradicional. Por meio das histórias, constatou-se também a necessidade de se perceber o professor como mediador cultural. A partir deste estudo, visualizaram-se possibilidades para o desenvolvimento e fortalecimento da interculturalidade crítica no ensino-aprendizagem de inglês no IFAM. Ao final do trabalho, são apresentadas possíveis aplicações pedagógicas e sugestões de estudos ou trabalhos no âmbito do IFAM, visando contribuições e desdobramentos para dar prosseguimento às reflexões propostas.
Abstract: This work had as its main objective to analyze the narratives of English teachers of the Federal Institute of Education, Science and Technology of Amazonas - IFAM on culture, teaching-learning and interculturality. The specific objectives were: to assess the individual experiences of the participants, reflecting on other social, cultural, historical and institutional narratives that helped to form their narratives; to find out how the perspectives of the participants on culture, teaching-learning and interculturality are presented in the classroom; and to identify the possibilities of developing and strengthening of the perspective of critical interculturality within the IFAM, taking into consideration the narratives of teachers. The theoretical framework was divided into two parts: the first covered the concepts of culture, multiculturalism, interculturality and critical interculturality, based on Almeida (2011), Maher (2007), Santos (2002), Veiga Neto (2003), Walsh (2009, 2007), among others. The second part discussed on interculturality and teaching-learning of languages, relating language, culture and teaching-learning, it also presented the theoretical bases for the development of the concept of critical interculturality in the language teaching-learning: intercultural knowledge, third space, insurgent voices and critical cultural awareness. Afterward, it was discussed about interculturality and the official documents in Brazil and, finally, about teaching-learning of English using the theoretical framework of critical interculturality, anchored on Almeida (2011), Byram (1997), Guilherme (2002), Kramsch (1993; 1998; 2013), Moita Lopes (2008), Pennycook (1994), Sousa Santos (2010), among others. This study was characterized as a qualitative investigation located in the interpretative paradigm, and the methodological procedures were based on the narrative research based on Clandinin (2013), Connelly and Clandinin (1990; 2004), Mello (2005; 2010), among others. The context of research was the IFAM context, specifically, the teaching and learning of Modern Foreign Language - English, whose participants were three teachers. The questionnaire with open questions was used as a tool of data generation. The treatment of the narratives was based on narrative analysis (PAIVA, 2008). The stories of Lucia, Clara and Pedro were analyzed from the perspective of oral history (MEIHY; HOLANDA, 2007), of the exercise of over view (AMORIM, 2010) and of the narrative research movements (CLANDININ, 2013). The results pointed to the themes of culture, teaching-learning and interculturality at an intersection, revealing different approaches presented by teachers in the relationship between teaching-learning and culture, among them, the culture as a social practice and the traditional approach. Through the stories, it was also verified the need to recognize the teacher as a cultural mediator. From this study, possibilities for the development and strengthening of critical interculturality in teaching and learning of English at IFAM were put forward. At the end of the work, possible pedagogical applications and suggestions for studies or works are presented within the IFAM, aiming at contributions in order to proceed with the proposed reflections.
Palavras-chave: Ensino-aprendizagem de inglês
Interculturalidade crítica
Narrativas
Área(s) do CNPq: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES: LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras
Citação: SILVA, Josibel Rodrigues e. Ensino-aprendizagem de inglês à luz da interculturalidade crítica: um estudo de narrativas de professores do IFAM. 2017. 142 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5952
Data de defesa: 29-Jun-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Josibel R. Silva.pdf1,87 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons