Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5137
Tipo do documento: Dissertação
Título: A presença de mulheres negras em cargos hierarquizados da Secretaria Municipal de Educação de Manaus: racismo e impasse na sua pertença e autodeclaração
Autor: Sousa, Maria do Perpetuo Socorro Lima 
Primeiro orientador: Torres, Iraildes Caldas
Resumo: Esta pesquisa tem por objeto o estudo da presença de mulheres negras em cargos hierarquizados da Secretaria Municipal de Educação de Manaus, temática pouco explorada nas ciências sociais e que hoje surge com grande potencial de análise. O propósito deste estudo consiste em verificar a forma pela qual as mulheres negras adentram os espaços de poder na Secretaria Municipal de Educação de Manaus, dando destaque tanto para o aspecto do preconceito enfrentado por elas no âmbito do trabalho, quanto à competência que elas demonstram no exercício de suas funções. Buscamos também averiguar de que forma se estabelece a intersecção conceptual entre gênero e raça no movimento feminista, ao mesmo tempo em que procuraremos apontar a situação de feminização do magistério. Tratamos, enfim, de estabelecer o perfil das mulheres negras que assumem cargos hierárquicos na SEMED/Manaus, pontuando as jornadas de trabalho e as redes de apoio com quem elas deixam os filhos enquanto trabalham fora de casa. O estudo foi realizado tendo por base o aporte das abordagens qualitativas, sem excluir os aspectos quantitativos . Dentre os múltiplos aspectos revelados constatou-se que o racismo continua latente no espaço de trabalho das mulheres negras e que muitas vezes a própria mulher negra não se percebe como sujeito atingido pelo racismo. Essas mulheres têm dificuldade de se autodeclararem negras ou pretas, preferem usar outros termos para ocultar a própria raça. Constatou-se,também, que elas se encontram em cargos subalternizados e não divulgam as violências simbólicas sofridas no ambiente de trabalho, o que podemos supor que seja um traço do não reconhecimento da própria condição étnica. Deve-se reconhecer , por fim, o fato de que há um racismo velado que impele as próprias mulheres negras a não reconhecerem a sua pertença étnica no desempenho de cargo hierárquico na Secretaria Municipal de Educação de Manaus.
Abstract: This research has the purpose to study the presence of black women in hierarchical positions of the Municipal Education of Manaus, subject little explored in the social sciences and now comes with great potential for analysis. The purpose of this study is to verify the way in which black women step into the positions of power in the Municipal Education of Manaus, highlighting both the appearance of prejudice faced by them in the work, the competence they demonstrate in exercise their functions. We seek also examined how establishes the conceptual intersection between gender and race in the feminist movement at the same time seek to point the feminization of the situation mastership. We treat, finally, to establish the profile of black women take hierarchical positions in SEMED / Manaus, punctuating working hours and support networks with whom they leave their children while working outside the home. The study was conducted based on the contribution of qualitative approaches, without excluding aspects quantitative. among the multiple aspects revealed it was found that racism still latent in the workspace of black women and black women often own is not perceived as a subject hit by racism. those women find it difficult to self-declare black or black, prefer to use other terms to hide herself race. found also, they are in subordinate positions and do not disclose the symbolic violence suffered in the workplace, which we can assume to be a feature of non-recognition of own ethnic. should condition to recognize, finally, the fact that there is a veiled racism that propels their own black women don't to recognize their ethnicity in the hierarchical position of performance in Manaus-City-Department-of-Education.
Palavras-chave: Mulher negra
Racismo
Área(s) do CNPq: OUTROS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Citação: SOUSA, Maria do Perpetuo Socorro Lima de. A presença de mulheres negras em cargos hierarquizados da Secretaria Municipal de Educação de Manaus: racismo e impasse na sua pertença e autodeclaração. 2015.105 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5137
Data de defesa: 24-Jul-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Maria do Perpétuo Socorro.pdfReprodução Total Autorizada2 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.