Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4113
Tipo do documento: Dissertação
Título: Produção de tomate (solanum lycopersicum l.) reutilizando substratos sob cultivo protegido no município de Iranduba-AM
Autor: Brito Junior, Francisco Pereira de 
Primeiro orientador: Gonçalves, José Ricardo Pupo
Primeiro coorientador: Lobato, Maria do Rosário Rodrigues
Primeiro membro da banca: Gonçalves, José Ricardo Pupo
Segundo membro da banca: Chaves, Francisco Célio Maia
Terceiro membro da banca: Kano, Cristiaini
Resumo: O objetivo desta pesquisa foi avaliar a reutilização de quatro substratos e a produção de cinco cultivares de tomateiros sob cultivo protegido no Município de Iranduba-AM. A pesquisa foi conduzida em casa de vegetação tipo capela de 338 m2, os substratos reutilizados foram: solo + fibra de côco 2:1 (S1), solo + esterco de gado 2:1 (S2), solo + carvão moído 2:1 (S3) e solo (S4), as cultivares utilizadas foram: Setcopa, Olympo, Fascínio, Duradoro e Débora Plus. As plantas foram transplantadas aos 21 dias após o semeio e posteriormente tutoradas e conduzidas através de fitilhos em haste única até altura de 2,0 metros. O delineamento experimental foi em blocos casualizados em parcelas subdivididas avaliando quatro substratos, cinco cultivares de tomate em quatro repetições. As variáveis estudadas foram às características químicas e físicas dos substratos e a produção dos tomateiros. Na análise química comparando-se os resultados dos substratos no início do segundo plantio ao final do cultivo houve alterações dos valores dos macros e micronutrientes relacionado ao pH, CE, P, K+, Ca2+, Mg2+, S, Na, Fe, Zn, e Cu. Já na densidade (DS), porosidade total (PT), macroporosidade (MAC) e microporosidade (MIC) do material coletado no início e final do experimento, verificou-se que o S4 e S2 apresentaram valores superiores de DS e MAC e o S3 e S1 valores superiores de PT e MIC, já no início do cultivo a DS foi maior e no final a PT menor. Na análise foliar com relação aos substratos para o teor de P, foi verificado maior média no substrato S3, já com relação aos substratos e cultivares os teores de Nitrogênio (N) foi significativo apenas para a cultivar Débora Plus. A altura das plantas aos 36 DAT não se diferem para os cultivares e substratos, aos 120 DAT houve destaque para os cultivares Débora Plus no S1 e S2, Setcopa no S3. Nos substratos aos 36 DAT os mesmos não apresentaram diferenças significativas, já a partir de 50 DAT até o final do experimento os substratos diferiram. O peso de fruto total não houve diferença significativa, o peso de frutos comerciais apresentou diferença significativa para a cultivar Fascínio (6,91 kg planta-1), o peso médio de fruto comercial para a cultivar Olympo (0,51 kg planta-1) seguido do Duradoro (0,45 kg planta-1). No número de frutos total (NFT) houve diferença para a cultivar Fascínio com maior número de frutos produzidos, cachos por planta (NCP) e frutos comerciais (NFC), nos substratos (NFT) não apresentou diferença estatística, já a característica (NCP) foi significativa para o esterco de gado (S1) com maior número de cachos por planta e maior número de frutos comerciais. Na avaliação do diâmetro do fruto onde os cultivares Duradoro e Olympo foram os que apresentaram os maiores frutos, já o Fascínio foi que apresentou os menores diâmetros, no entanto o Fascínio foi o que apresentou maior número de frutos por planta e o Olympo o menor número de frutos. Conclui-se que as cultivares Fascínio e Duradoro apresentaram melhores produções de frutos no substrato a base de solo + esterco de gado, sendo a cultivar Fascínio com produção de (172,7 t/ha-1), seguida da cultivar Duradoro com (166,5 t/ha-1). Portanto, recomenda-se a reutilização do substrato a base de esterco de gado + solo em cultivo de tomateiro sob ambiente protegido no município de Iranduba.
Abstract: The objective of this research was to evaluate the reuse of four substrates and the production of five cultivars of tomato under protected the city of Iranduba-AM cultivation. The research was conducted in a greenhouse of 338 m2 chapel type, the substrates were reused: soil + Coir 2:1 (S1), soil + cattle manure 2: 1 (S2), soil + charcoal ground 2:1 (S3) and soil (S4), the cultivars used were: Setcopa, Olympian, Fascination, and Deborah Duradoro Plus. The plants were transplanted 21 days after seeding and were conducted in plastic strands at height of 2.0 meters. The experimental design was a randomized block split plot evaluating four substrates five tomato cultivars in four repetitions. The variables studied were the chemical and physical characteristics of the substrate and the production of tomatoes. In the chemical analysis comparing the results of the substrates at the beginning of the second planting at the end of cultivation there were changes in the values of macro and micronutrients related to pH, EC, P, K+, Ca2+, Mg2+, S, In, Zn, and Cu. Already density (DS), total porosity (TP), macroporosity (MAC) and microporosity (MIC) of the material collected at the beginning and end of the experiment, it was found that the S4 and S2 showed higher values of DS and MAC and S3 and higher values of PT S1 and MIC since the beginning of culture and the DS was higher in the lower end of the PT. Foliar analysis with respect to the substrates for P content, the highest average was found in the substrate S3, since with respect to the substrates and cultivars the levels of Nitrogen (N) was significant only for the cultivar Débora Plus. Plant height at 36 DAT did not differ among the cultivars and substrates, at 120 DAT was especially cultivars Débora Plus in S1 and S2, S3 Setcopa. The substrates at 36 DAT they showed no significant differences, as from 50 DAT until the end of the experiment the substrates differed. The total fruit weight no significant difference, the weight of marketable fruits showed a significant difference in cultivar Fascination (6.91 kg plant-1), the average weight of commercial fruit growing for Olympian (0.51 kg plant-1) followed by Duradoro (0.45 kg plant-1). In the number of fruits (NFT) were no differences in cultivar Fascination with the highest number of fruits produced, clusters per plant (NCP) and commercial fruit (NFC), the substrates (NFT) showed no statistical difference, since the characteristic (NCP) was significant for the cattle manure (S1) with larger number of clusters per plant and greater numbers of unmarketable fruits. In the diameter of the fruit where Duradoro, Olympian and cultivars were those with the largest fruit, as was the fascination that showed the smallest diameters, however the Fascination showed the highest number of fruits per plant and the fewest Olympian fruit. We conclude that the fascination and Duradoro cultivars showed higher fruit yields in the base substrate soil + cattle manure, and cultivate Fascination with production (172.7 t/ha-1), then the cultivar with Duradoro (166.5 t/ha-1). Therefore, the reuse of the substrate is recommended based on cattle manure + soil in tomato under protected cultivation in the municipality of Iranduba.
Palavras-chave: Solanum lycopersicum L.
Fertirrigação
Amazônia Central
Fertirrigation
Solanum lycopersicum L
Central Amazonia
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Agronomia Tropical
Citação: BRITO JUNIOR, Francisco Pereira. Produção de tomate (solanum lycopersicum l.) reutilizando substratos sob cultivo protegido no município de Iranduba-AM. 2012. Dissertação (Mestrado em Agronomia Tropical) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4113
Data de defesa: 30-Mai-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Agronomia Tropical

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.