Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4006
Tipo do documento: Dissertação
Título: “Bem-Vindo à Igreja Do Avivamento”: um estudo do neopentecostalismo em Manaus a partir do Ministério Internacional da Restauração
Autor: Nascimento, Cláudio Nogueira do 
Primeiro orientador: Pinto, Marilina C. Oliveira Bessa Serra
Primeiro coorientador: Cunha, Magali do Nascimento
Primeiro membro da banca: Pinto, Marilina Conceição Oliveira Bessa Serra
Segundo membro da banca: Ribeiro, Odenei de Souza
Terceiro membro da banca: Jatobá, Maria do Socorro Silva
Resumo: Este trabalho visa verificar se o conceito de neopentecostalismo proposto por Mariano (2005), e largamente empregado a uma diversidade de igrejas surgidas ao longo de 1990, pode ser aplicado às igrejas que, a exemplo do Ministério Internacional da Restauração, adotam a Visão Celular como estratégia de crescimento. As “igrejas da Visão Celular” se constituem como um dos mais recentes problemas de pesquisa acadêmica desde 1990, pois as estratégias de inserção do leigo como motor do crescimento estão mais circunscritas a determinado tipo de denominação religiosa. A estratégia de expansão institucional, como a Visão Celular ou Grupos Familiares, está sendo adotada tanto pelas igrejas do protestantismo histórico, como pentecostais e neopentecostais. Dessa forma, as características que acentuavam e propunham então, aos pesquisadores, uma tipificação para diferenciá-las estão desaparecendo, visto que as “igrejas da Visão”, como são chamadas por seus líderes, romperam a barreira que as diferenciavam, e impuseram a lógica da concorrência, do resultado imediato, do pragmatismo como proposta de diferenciação entre as igrejas que deram certo e as que estão diminuindo seu número de adeptos.
Abstract: This work aims to study the concept of neo-Pentecostalism proposed by Mariano (2005) and widely used in a variety of churches that have surfaced over 1990. It can be applied to the churches, that the example of the International Restoration Ministry, adopt the Mobile Vision as strategy growth. The “churches Cell Vision” are constituted as one of the latest academic research problems since 1990. For the layman's insertion strategies as growth engine are more restricted to a particular type of religious denomination. The institutional expansion strategies as the Church Cell Vision or Family Groups are being adopted by both churches of historical Protestantism, Pentecostal and neo-Pentecostal like. Thus, the features that accentuated and then proposed researchers a classification to differentiate them, are disappearing as the “churches of Vision” as they are called by their leaders, broke the barrier that differentiated them, and imposed the logic of competition, the immediate result of pragmatism as proposed differentiation among the churches that worked and those that are decreasing the number of supporters.
Palavras-chave: Neopentecostalismo
Ministério Internacional da Restauração
Primeira Igreja Batista do Amazonas
Grupos Familiares
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Citação: NASCIMENTO, Cláudio Nogueira do. “Bem-Vindo à Igreja do Avivamento”: um estudo do neopentecostalismo em Manaus a partir do Ministério Internacional da Restauração. 2015. 138f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4006
Data de defesa: 9-Abr-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Cláudio Nogueira do Nascimento.pdfDissertação - Cláudio Nogueira do Nascimento980,8 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.