Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3393
Tipo do documento: Dissertação
Título: Idade dos pais como fator de risco para fissuras labiopalatais: uma meta-análise
Autor: Herkrath, Ana Paula Corrêa de Queiroz 
Primeiro orientador: Vettore, Mario Vianna
Primeiro coorientador: Rebelo, Maria Augusta Bessa
Resumo: As fissuras labiopalatais representam as malformações congênitas que mais comumente afetam a face e a cavidade bucal. A etiologia das fissuras orais é multifatorial e complexa, sendo os fatores etiológicos genéticos e ambientais os mais importantes. A idade dos pais como fator de risco para a ocorrência de fissura labiopalatal já foi objeto de estudo de vários autores. Entretanto, não há um consenso sobre essa associação. O objetivo desta revisão sistemática foi avaliar a relação entre idade dos pais e a ocorrência de fissura de lábio e palato. A metodologia empregada nesta revisão incluiu estratégia de busca na literatura, critérios de inclusão e exclusão dos estudos, seleção dos artigos, extração de dados, avaliação da qualidade e meta-análise. A busca foi conduzida nas bases PUBMED, EMBASE, LILACS, Scielo, SCOPUS e biblioteca Cochrane, com o emprego da combinação dos descritores risk factor , risk factors , maternal age , paternal age , parental age , oral cleft , cleft lip e cleft palate . Foram selecionados estudos de coorte, caso-controle e seccionais envolvendo seres humanos, publicados em língua inglesa entre 1953 e 2009. A avaliação qualitativa evidenciou que a metodologia dos estudos não foi uniforme e sujeita a vieses. Observou-se uma associação estatisticamente significante da idade materna 40 anos com a fissura de lábio com ou sem fissura de palato (FL/P) (OR=1,56 (95% IC: 1,38-1,76) e da idade materna nas faixas etárias de 35-39 anos (OR=1,20 (95% IC: 1,09-1,32) e 40 anos (OR=1,28 (95% IC: 1,05-1,55) com a fissura de palato isolada (FP), indicando ainda, um gradiente entre maior idade materna e FP. Não houve evidências de associação entre a idade materna precoce (< 20 anos) e a idade paterna precoce (< 20 anos) e avançada ( 40 anos) com a ocorrência de fissuras labiopalatais. Concluiu-se que mulheres com idade avançada apresentaram uma maior probabilidade de terem filhos com FP e FL/P.
Abstract: The orofacial clefts are the congenital malformations that affect the face and oral cavity mostly. The etiology of oral clefts is multifactorial and complex, and genetic and enviromental factors are the most important. Although the association between parental age and orofacial cleft has been investigated by several authors, there is no consensus on this association. The aim of this systematic review was to assess the relationship between parental age and the occurrence of oral cleft. The methods applied included literature search strategy, inclusion and exclusion criteria for selecting the studies, data extraction, quality assessment and meta-analysis. A comprehensive search was performed at PUBMED, EMBASE, LILACS, Scielo, SCOPUS and Cochrane Library, with the following terms risk factor , risk factors , maternal age , paternal age , parental age , oral cleft , cleft lip and cleft palate . Cohort, case-control and cross-sectional studies were selected between 1953 and 2009. Only papers written in English language were included. The quality assessment showed that the methods of the included studies were not homogeneous and bias might have occurred. A significant statistical association was found between maternal age 40 years and cleft lip with or without cleft palate (CL/P) (OR=1.56 (95% IC: 1.38-1.76), and maternal age in the age groups 35-39 years (OR=1.20 (95% IC: 1.09-1.32) and 40 years (OR=1.28 (95% IC: 1.05-1.55) with isolated cleft palate (CP). A gradient between maternal age and CP was also observed. There was no evidence of association of early maternal age (< 20 years), early paternal age (< 20 years) and advanced paternal age ( 40 years) with oral clefts. In conclusion, older women were more likely to have children with CL and CL/P.
Palavras-chave: Fissura palatina
Fenda labial
Lábios - Anomalias e deformidades
Fatores de risco - Idade Paterna
Epidemiologia
Cleft palate
Cleft lip
Epidemiology
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE: SAÚDE COLETIVA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Programa: Programa de Pós-graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia
Citação: HERKRATH, Ana Paula Corrêa de Queiroz. Idade dos pais como fator de risco para fissuras labiopalatais: uma meta-análise. 2010. 85 f. Dissertação (Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3393
Data de defesa: 24-Mar-2010
Aparece nas coleções:Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Ana Paula Corrêa de Queiroz Herkrath.pdfDissertação - Ana Paula Corrêa de Queiroz Herkrath.pdf755,83 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.