Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2615
Tipo do documento: Dissertação
Título: Destino ambiental dos agrotóxicos e avaliação de risco ambiental e humano nos municípios de Manaus, Iranduba e Careiro da Várzea, no Estado do Amazonas
Autor: Campos, Paola Souto 
Primeiro orientador: Waichman, Andrea Viviana
Resumo: O plantio de frutas e hortaliças no Estado do Amazonas está sendo realizado com intensivo uso de agrotóxicos. Esta utilização abusiva e incorreta pode estar acarretando a contaminação ambiental e também dos agricultores e consumidores das frutas e verduras produzidas. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar o risco para o ambiente e a saúde humana associado ao uso de agrotóxico em áreas agrícolas do município de Manaus, Iranduba e Careiro da Várzea. Resíduos de agrotóxicos (deltametrina, lambda-cialotrina, malationa e parationa metílica) foram determinados em amostras de frutas, verduras água e solo. Foram coletadas 16 amostras de solo e 25 amostras de água e 190 amostras de frutas e verduras das áreas de plantio, feiras e supermercados no período entre maio de 2007 a dezembro de 2008. As amostras foram analisadas utilizando cromatografia à gás com captura de elétrons (GC-ECD) após micro-extração em fase sólida (HS-SPME) método headspace.. A avaliação de risco ambiental foi calculada pela ração Exposição/Toxicidade (ETR) e a avaliação de risco humano pela dieta como razão entre a ingestão diária e a Dose Aguda de Referência (ARfD) ou a Ingestão Diária Aceitável (IDA). Dos quatro agrotóxicos analisados, a parationa metílica se destacou por estar presente em um número maior de amostras em concentrações acima do limite máximo permitido, tanto na situação pré-colheita como pós-colheita para todas as culturas, seguida da lambda cialotrina, deltametrina e malationa, em ordem decrescente de amostras e culturas que apresentaram resíduos acima do limite máximo permitido. A concentração média de resíduos de agrotóxicos na fase pós-colheita foram 2 a 5 vezes maiores que a concentração pré-colheita, com exceção da deltametrina, sugerindo que os agricultores aplicam agrotóxicos até o momento da colheita e mesmo antes do transporte das mesmas para o mercado. Risco crônico e agudo para a saúde do consumidor foi estabelecido para a lambda-cialotrina e a parationa metílica. Para a malationa somente foi observado risco crônico. A deltametrina somente apresentou risco agudo e crônico na situação pré-colheita em Iranduba. As concentrações de agrotóxicos observados no solo somente representaram risco para o caso da parationa metílica e a malationa em Iranduba. No caso da água, o risco crônico foi estabelecido para parationa metílica, malationa e deltametrina em Iranduba, e para a parationa metílica e malationa em Manaus e Careiro da Várzea. Em relação ao risco agudo, somente foi estabelecido para a deltametrina em Iranduba. Para as águas subterrâneas a situação de risco ficou estabelecida para a parationa-metílica em Manaus. Evidencia-se claramente a problemática que envolve o uso de agrotóxico no Estado do Amazonas. A população exposta pela ingestão de alimentos contaminados com resíduos de agrotóxicos e o ambiente estão sujeita a riscos agudo e crônico. O estudo evidencia também a necessidade de monitoramento dos agrotóxicos mais utilizados nas regiões, avaliando os níveis com uma maior periodicidade, respeitando a sazonalidade da agricultura e o uso para diferentes culturas.
Abstract: pesticides. This indiscriminate and incorrect use of pesticides in the Amazon State is threatening the environment and the health of farmers and consumers. Thus, the objective of this study was to evaluate the environmental and health risk associated with pesticide use in agricultural areas of the district of Manaus, Careiro the Varzea and Iranduba. Residues of pesticides (deltamethrin, lambda-cyhalothrin, malathion and parathion methyl) were determined in samples of fruits, vegetables, water and soil. From May 2007 to December 2008 16 samples of soil and 25 samples of water, and 190 samples of fruit and vegetables were collected at the production areas, markets and supermarkets. Pesticides residues were determined by gas chromatograph with selective electron capture detector (GC-ECD) after micro-solid phase extraction headspace method (HS-SPME). Environmental risk assessment was calculates using the Exposure/Toxicity ratio (ETR) and human risk by diet as the reason between pesticide daily intake and acute reference dose (ARfD) or Acceptable Daily Intake (IDA). Parathion methyl was present in a greater number of samples in concentrations above the maximum residue levels (MRLs) in both, pre-harvest and post-harvest phase, for all crops, followed by lambda cyhalothrin, deltamethrin and malathion in descending order of samples and cultures that had residues above the maximum allowed. The average concentration of pesticide residues in post-harvest samples were from 2 to 5 times higher than the concentration on pre-harvest samples, except for deltamethrin, suggesting that farmers apply pesticides until the moment just before harvest and transportation to market. Chronic and acute health risk was established for lambda-cyhalothrin and parathion methyl. To malathion was observed only chronic risk. The deltamethrin posed only acute and chronic risk for pre-harvest phase in Iranduba. Concentrations of pesticides found in soil represented only risk to the case of parathion methyl and malathion in Iranduba. In the case of water, the risk was to chronic parathion methyl, malathion and deltamethrin in Iranduba, and for parathion methyl and malathion in Manaus and Careiro of Várzea. In the acute risk, was only set for deltamethrin in Iranduba. For groundwater the risk situation was established for methyl-parathion in Manaus. The use of pesticide in the Amazon s state clearly represents an environmental and health problem since the population and environment are subject to acute and chronic risks. The study also highlights the need for monitoring the use of pesticide in the Amazon State, assessing the environmental and food levels with a higher frequency, considering the seasonality of agriculture and the use of pesticides on different crops.
Palavras-chave: Agrotóxico, Contaminação, Risco Humano, Risco Ambiental, Amazonas
Pesticides, Contamination, Human Risk, Environmental Risk, Amazon
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citação: CAMPOS, Paola Souto. Destino ambiental dos agrotóxicos e avaliação de risco ambiental e humano nos municípios de Manaus, Iranduba e Careiro da Várzea, no Estado do Amazonas. 2009. 78 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2615
Data de defesa: 29-Jul-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao-Paola Souto Campos.pdf12,71 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.