???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4702
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Cidade e trabalho autônomo: um estudo sobre a percepção dos mototaxistas da cidade de Manaus/Am
???metadata.dc.creator???: Silva, Anderson Lincoln Vital da 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Higuchi, Maria Inês Gasparetto
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo teve por objetivo investigar as percepções dos mototaxistas na cidade de Manaus-AM em relação à saúde ambiental e aos riscos a partir do seu trabalho de exposição constante às intempéries ambientais. A pesquisa buscou delinear o perfil socioeconômico desses trabalhadores, possibilitando discutir a relação cidade e trabalho, enquanto condicionantes à renda e condições laborais além de evidenciar as subjetivações em relação à saúde ambiental a partir das atividades cotidianas. De modo especial, os mototaxistas expressam suas percepções sobre riscos ambientais e saúde psicossocial relacionando ao desempenho de suas funções, e suscitam medidas de proteção socioambiental que esses trabalhadores consideram necessárias. Os sujeitos da pesquisa foram trabalhadores vinculados à Cooperativa dos Mototaxistas da Cidade de Manaus com no mínimo dois anos de habilitação na respectiva categoria. Os dados foram obtidos a partir de entrevista semiestruturada que foi aplicada a 25 trabalhadores (todos homens) em suas bases de atuação (locais de espera dos usuários). Os dados foram analisados segundo a técnica da análise de conteúdo proposta por Bardin (1997). Os resultados obtidos demonstram que os participantes são adultos jovens, em sua maioria, na faixa etária de 20 a 40 anos de idade, com ensino médio completo, solteiros, porém com filhos. Quanto à jornada de trabalho, 64% destes têm uma jornada de até doze horas diárias, para obter um ganho na faixa de R$ 2.000,00 mensais, e apesar da exigência legal de sua contribuição para o INSS, apenas 20% destes o fazem. No exercício de sua profissão, são exigidos equipamentos obrigatórios, porém o único que todos eles possuem é o capacete; o que aumenta o risco de sua atividade, não somente para si e seus passageiros, pois realizam manobras arriscadas no trânsito para ganhar tempo. Devido às condições de seu trabalho, as ruas e o trânsito, são expostos a uma extensa jornada de trabalho, alternância climática, fadiga e violência do trânsito. Por isso, apesar de reconhecerem as vantagens do trabalho autônomo (liberdade de autoridade hierárquica, ganho financeiro diário, baixo investimento em sua motocicleta), não indicariam esta profissão para seus filhos. Deste modo, percebem que a atividade do mototaxismo é consequência da situação socioeconômica marcada pelo desemprego, baixa escolaridade, aliada ao baixo investimento para aquisição da motocicleta; a qual levou a vislumbrarem nesta profissão o meio para sustento próprio, apesar dos riscos inerentes a ela.
Abstract: This study aimed to investigate the perceptions of motorcycle taxi drivers in the city of Manaus - AM on environmental health and the risks of their continued exposure to environmental elements. The research sought to describe the socioeconomic profile of these workers enabling discuss the relationship between town and work while conditioning the income and working conditions and also highlights the subjectivities in relation to environmental health through daily activities. The motorcycle taxi drivers express their perceptions of environmental risks and psychosocial health relating to the performance of its functions and raise environmental protection measures that these workers consider necessary. The interviewed were workers linked to the Cooperative of Manaus City motorcycle taxi drivers with at least two years of qualification in the respective category. Information was obtained from semi-structured interview that was applied to 25 workers (all men) in their operations bases (standby local users). Information were analyzed according to the content analysis technique proposed by Bardin (1997). The results show that participants are young adults, mostly in the age group 20-40 years old, completed high school, single, however they have children. About working hours, 64% of these, has a journey of up to twelve hours a day, as a salary of approximately R$ 2,000.00 monthly, and despite the legal requirement of their contribution to the INSS, only 20% of them make the contribution. To exercise the profession, they have to have a list of equipment required by law, but usually the only thing they have is the helmet; this increases the risk of their activity, not only for themselves and also the lives of their passengers, because they do prohibited maneuvers to save time. Due to their work conditions, streets, traffic, are exposed to an extensive working hours, alternating climate, fatigue and violence on traffic. So, despite recognizing the advantages of self-employment (freedom of hierarchical authority, daily financial gain, low investment on your motorcycle), they do not indicate this profession for their children. However, they realize that “mototaxismo” activity is a consequence of socioeconomic status because of unemployment, low education, and also the low investment to acquire the motorcycle; leading to many people to became motorcycle taxi drivers to provide for themselves, despite the risks inherent in it.
Keywords: Percepção Ambiental
Mototáxi
Trabalho Informal
Environmental Perception
Mototaxi
Informal Employment
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
???metadata.dc.publisher.initials???: UFAM
???metadata.dc.publisher.department???: Faculdade de Ciências Agrárias
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citation: SILVA, Andreson Lincoln Vital da. Cidade e trabalho autônomo: um estudo sobre a percepção dos mototaxistas da cidade de Manaus/Am. 2015. 89 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4702
Issue Date: 13-Apr-2015
Appears in Collections:Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Anderson Lincoln Vital da Silva.pdfDissertação - Anderson Lincoln Vital da Silva1.72 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.