Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4323
Tipo do documento: Dissertação
Título: Homens e mulheres nas beiras: etnoeconomia e sustentabilidade no alto rio Solimões
Autor: Rodrigues, Pedro Máximo de Andrade 
Primeiro orientador: Noda, Sandra do Nascimento
Primeiro membro da banca: Silva Filho, Danilo Fernandes da
Segundo membro da banca: Fraxe, Therezinha de Jesus Pinto
Resumo: No contexto da crise ambiental mundial, a Amazônia desponta como região-símbolo de uma natureza que se supõe intocada na maior parte de sua extensão. A atenção despertada sobre a sua biodiversidade e riquezas naturais não permitirá que ela permaneça incólume às investidas do grande capital, face ao discurso generalizado de que a região constitui-se em um grande vazio humano, a ser tutelado pela sociedade mundial enquanto fonte de recursos e de prestação de serviços ambientais essenciais. O objeto definido para o presente estudo consistiu na investigação das interações humanas e ambientais necessárias à organização de sistemas econômicos indígenas na região do Alto Rio Solimões, com o objetivo de se verificar os seus componentes, a sua dinâmica e até que ponto esses elementos se articulam com a proposição de sustentabilidade ambiental, econômica e social. Partindo-se da abordagem sistêmica, enunciada por Morin, e à aplicação do método estudo de caso (Yin), o trabalho de pesquisa teve como fonte privilegiada de informação os dados coletados junto ao Núcleo de Estudos Regionais e Urbanos da Amazônia-NERUA da Universidade Federal do Amazonas-UFAM e os estudos de Noda (2000). As áreas de estudo selecionadas foram a Comunidade Indígena Novo Paraíso, de etnia ticuna, e a Aldeia Cocama Nova Aliança, constituída por população da etnia cocama. A partir da análise e interpretação dos dados bibliográficos e secundários, elaborou-se um modelo explicativo da organização das unidades econômicas correspondentes a cada grupo social, constituído de sistema ambiental-territorial e sistema sócio-cultural, articulados pelo sistema produtivo agro-florestal, baseado em agricultura familiar. O estudo realizou uma caracterização desses componentes baseada sobretudo na percepção dos produtores agroflorestais participantes da pesquisa, enquanto expressão do conhecimento vivenciado cotidianamente por eles, e a lógica e dinâmica internas que determinam as suas interações. Ao final, expôs-se o nível de satisfação do atendimento de necessidades proporcionado por esse modelo econômico aos indivíduos que o vivenciam, bem como se procedeu ao levantamento das demandas sociais mais urgentes. O estudo revelou a relevância dos componentes culturais e morais, baseados na lógica da dádiva e da reciprocidade, capazes de organizar um modelo etnoeconômico onde as relações econômicas estão imersas nas relações sociais, e na forma como se organizou o conhecimento dessas populações no manejo e conservação dos recursos. Um elemento capaz de reestruturar esse modelo foi identificado nas suas conexões com o mercado e com a sociedade envolvente, sem ainda ficarem definidos o grau de assimilação e de respostas para o futuro dessas unidades sociais e econômicas, bem como para o capital natural que auxiliam a conservar e formar.
Abstract: In the context of the world environment crisis, the Amazon region emerges like symbol of the nature that believe untouchable in the largest extension. The attention excited about your biodiversity and natural healths doesn’t it will permit remains unchangeable face of the great capital and to the generalized discourse about that it’s a empty great human to be under custody of world society while resources and essentials environments services supplier. The object study elected is an investigation about of human and environment interactions necessaries to the organization of the Indigenous, economics systems in the Alto Rio Solimões region with the objective to examine it your components, dynamics and as far the point those elements it articulate with a environment, economics and social sustainable proposition. Starting from systemic approach by Morin and to the case study method by Yin, the research work has like advantaged information supplier is data collected from the Amazon Regional and Urban Studies Center-NERUA in the Amazon Federal UniversityUFAM and the Noda’s studies (2000). The studie’s areas selected was the Comunidade Indígena Novo Paraíso, with ticuna ethnic group, and Aldeia Cocama Nova Aliança, established for cocama population. The beggining with analysis and interpretation about bibliographiques and secundaries data, it was elaborated a explicative model about organization of the economics unities relative to the each social group, it formed by the environmental-territorial system and the social-cultural system, articulated by the agroforestry productive system, based in familiar agriculture. The study makes the caracterization of those components based mainly in the agroforestries worker’s perception participants of the research, like expression way of the knowledge dialy lived for them, their reason and internal dynamics that determine the interactions between them. In the end is it explained the necessities satisfaction level supplied for those economics model to the persons, and add it is proceeded to the balance of the much more urgents social demands. The study showed the importance about cultural and moral components, based in the gift and reciprocity reason, capable to organize an ethnoeconomics model where the economics relations are embedded in relation ships, and about way like it is organize the knowledge of those populations in the handle and conservation of the resources. An element capable to reestruturate this model was identified like the market’s connections and involved society, without be defined the assimilation level and the answers to the future of those social and economics unities, and to the natural capital that they help to conserve and made.
Palavras-chave: Etnoeconomia
Agricultura familiar
Alto rio Solimões
Sistemas agroflorestais
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: AGRONOMIA: RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citação: RODRIGUES, Pedro Máximo de Andrade. Homens e mulheres nas beiras: etnoeconomia e sustentabilidade no alto rio Solimões. 2008. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4323
Data de defesa: 28-Out-2008
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Pedro Máximo De Andrade Rodrigues.pdfDissertação - Pedro Máximo De Andrade Rodrigues3,2 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.