Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3333
Tipo do documento: Dissertação
Título: Prospecção de plantas aromáticas na região do médio e baixo Solimões.
Autor: Leal, Roosevelt Hada 
Primeiro orientador: Veiga Júnior, Valdir Florencio da
Resumo: A vasta região Amazônica compõe-se de vários ecossistemas que se traduzem em grande diversidade de espécies. Suas dimensões impõem restrições de acesso a muitos de seus recursos, mantendo-os desconhecidos na forma de um grande potencial de produção e descoberta de produtos naturais, fontes de matérias primas para diversos setores da indústria que podem gerar de forma sustentável recursos para as populações tradicionais amazônicas. O presente trabalho inserido no âmbito do projeto PIATAM, estudou espécies de ocorrência na região do médio e baixo rio Solimões, encontradas em ecossistemas de várzea, igapó, lacustre e terra firme. Objetivando-se estudos fitoquímicos orientados pela busca de óleos essenciais (OEs) e substâncias leishmanicidas, antitumorais, antioxidantes e inibidoras de acetilcolinesterase; foram realizadas coletas de amostras, buscando-se plantas aromáticas e em alguns casos plantas com uso medicinal. Foram coletadas mais de 88 espécies; as coletas geraram mais de 300 amostras fracionadas das 78 espécies identificadas botanicamente, as quais estão distribuídas em 32 famílias e 57 gêneros, concentradas principalmente nas famílias Lauraceae (15 espécies), Annonaceae (7), Fabaceae (7), Piperaceae (6), Lamiaceae (5) e Verbenaceae (4). Um total de setenta e hum OEs foram extraídos a partir de: galhos (19), folhas (37), cascas (6), madeira (2) e outras partes das plantas (7); foram obtidos também quarenta e oito extratos etanólicos a partir de: galhos (16), folhas (17), raízes (2), cascas (10) e outras partes (3). Os OEs foram extraídos através de hidrodestilação e setenta e oito deles foram analisados por cromatografia em fase gasosa acoplada a espectrometria de massas (CGDIC, CG-EM) para a determinação de suas composições químicas. Vinte e cinco dos OEs analisados foram identificados quimicamente e são apresentados neste trabalho. Entre as substâncias identificadas, um grande percentual (44,09 %) correspondeu a hidrocarbonetos sesquiterpênicos, os monoterpenos oxigenados representaram 24,12%, os sesquiterpenos oxigenados 16,56%, os hidrocarbonetos monoterpênicos 7,87% e outras classes de substâncias 7,35%. A substância observada com maior freqüência foi o β-pineno. Os melhores rendimentos de OE foram observados nas espécies Piper tuberculatum (2,44%) e Calyptranthes spruceana (2,31%), as folhas foram a parte da planta que mostram um melhor rendimento de OE e extrato etanólico. Alguns OEs foram avaliados quanto à atividade antiparasitária frente à Leishmania amazonensis, observando-se uma maior atividade nos OEs constituídos predominantemente por hidrocarbonetos sesquiterpênicos, destacando-se o OE obtido das folhas do louro mamuí (IC50 = 28,6 μg/mL). Frente a Tripanossoma cruzi, Alpinia speciosa apresentou o melhor CL50 (4,5 μg/mL) seguida de Epaltes sp. (5,5 μg/mL). Dois constituintes majoritários destas duas espécies: o terpinen-4-ol (Alpinia speciosa, 29 %) e α- gurjuneno (Epaltes sp., 12,3%) podem ser contribuintes para as expressivas atividades tripanossomicidas observadas. Para avaliação do potencial antioxidante dos extratos e OEs, efetuou-se ensaios utilizando DPPH; os extratos apresentaram melhores concentrações inibitórias (CI50) que os OEs avaliados, mostrando melhores CI50 os extratos obtidos de C. spruceana e Ouratea discophora (5,85 e 7,01 μg/mL, respectivamente), destacando-se ainda: Nectandra cuspidata (casca: 8,64 μg/mL), Pleurotherium parviflorum (casca: 9,84 μg/mL), Lauracea spp. (casca: 10,72 μg/mL) e Ocotea cernua (casca: 11,81 μg/mL). A atividade antioxidante foi maior nos extratos obtidos de cascas, seguido por galhos, havendo uma menor expressão nos extratos obtidos de folhas. A atividade inibidora de acetilcolinesterase foi observada em vários dos testes realizados, destacando-se o OE obtido dos galhos de Nectandra amazonum e o extrato de C. spruceana. Vários extratos de plantas usadas na medicina popular foram testados em dose única de 50 μg/mL quanto à inibição do crescimento das células tumorais: SF-295 (glioblastoma humano), HCT-8 (cólon humano) e MDAMB-435 (mama humana); o extrato da casca de Himatanthus sucuuba apresentou alguns dos melhores percentuais de inibição, respectivamente: 43,07; 65,87 e 63,25%.
Abstract: The vast Amazon region is composed by various ecosystems resulting in a great diversity of species. Its dimensions impose restrictions on the access to many of its resources, keeping them unknown as sources of a great potential for discovery and production of natural products, and sources of raw materials for various industry sectors which can generate resources for local traditional populations in a sustainable way. This paper was made under the auspices of the PIATAM project, which studied species occurring in the region of middle and lower Solimões River, found in lowland, flooded, lake and land ecosystems. Focusing on the objective of phytochemical studies guided by the pursuit of essential oils (EOs), antileishmanial, antitumoral, antioxidant substances and inhibitors of acetylcholinesterase, samples were taken from specimens, looking for aromatic plants and in some cases plants for medicinal purposes. Over 88 species were collected; the samples produced more than 300 fractionated samples from the 78 botanically identified species, which are distributed in 32 families and 57 genera, mainly concentrated in the Lauraceae (15 species), Annonaceae (7), Fabaceae (7), Piperaceae (6), Lamiaceae (5) and Verbenaceae (4) families. A total seventyone EOs were extracted from: branches (19), leaves (37), bark (6), wood (2) and other plant parts (7); forty-eight ethanolic extracts were also obtained from: branches (16), leaves (17), roots (2), bark (10) and other parts (3). The EOs were extracted by hydrodistillation and seventy-eight of them were analyzed by gas chromatography coupled to mass spectrometry (GC-FID, GC-MS) for the determination of their chemical compositions. Twenty-five of the analyzed EOs were chemically identified and are presented here. Among the identified substances, a large percentage (44.09%) corresponded to sesquiterpene hydrocarbons; the oxygenated monoterpenes represented 24.12%, oxygenated sesquiterpenes 16.56%, monoterpene hydrocarbons 7.87%, and other classes of substances 7.35%. The substance most frequently observed was β-pinene. The best EO yields were observed in the species Piper tuberculatum (2.44%) and Calyptranthes spruceana (2.31%); the leaves were the plant parts that showed better EO and ethanolic extract yields. Some EOs were evaluated for antiparasitic activity against Leishmania amazonensis; a higher activity was observed in EOs consisting predominantly of sesquiterpenes, especially the EOs obtained from the leaves of louro mamuí (IC50 = 28.6 μg / mL). Against Trypanosoma cruzi, Alpinia speciosa had the best LC50 (4.5 μg / mL) followed by Epaltes sp. (5.5 μg / mL). Two major constituents of these two species: terpinen-4-ol (Alpinia speciosa, 29%) and α-gurjunene (Epaltes sp., 12.3%) can be contributors to the significant trypanosomicide activities observed. To evaluate the antioxidant potential of extracts and EOs, assays were performed using DPPH; extracts showed better inhibitory concentrations (IC50) than EOs, the better IC50 being found in the extracts from C. spruceana and Ouratea discophora (5.85 and 7.01 μg / mL, respectively), highlighting also: Nectandra cuspidata (bark: 8.64 μg / mL), Pleurotherium parviflorum (bark: 9.84 μg / mL), Lauracea spp. (bark: 10.72 μg / mL) and Ocotea cernua (bark: 11.81 μg / mL). The antioxidant activity was higher in extracts of bark, followed by extracts of branches, with a lower expression in extracts of leaves. The acetylcholinesterase inhibitory activity was observed in several of the tests performed, highlighting the EO obtained from branches of Nectandra amazonum and the extract of C. spruceana. Several plant extracts used in folk medicine were tested in a single dose of 50 μg / mL regarding the inhibition of tumor cell growth: SF-295 (human glioblastoma), HCT-8 (human colon) and MDAMB-435 (human breast); the bark extract from Himatanthus sucuuba presented some of the best inhibition percentages, respectively: 43.07, 65.87 and 63.25%.
Palavras-chave: Atividades biológicas
Biological activities
Óleos essenciais
Essential oils
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Exatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Citação: LEAL, Roosevelt Hada. Prospecção de plantas aromáticas na região do médio e baixo Solimões. 2010. 158 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3333
Data de defesa: 28-Set-2010
Aparece nas coleções:Mestrado em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Roosevelt Hada Leal.pdf4,39 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.